Páginas

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

MILHARES DE DEMÔNIOS





"Quando Jesus pisou em terra, foi ao encontro dele um endemoninhado daquela cidade. Fazia muito tempo que aquele homem não usava roupas, nem vivia em casa alguma, mas nos sepulcros. Quando viu Jesus, gritou, prostrou-se aos seus pés e disse em alta voz: 'Que queres comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo?'". Um pouco antes os discípulos ainda não sabiam realmente quem era Jesus, e perguntavam entre si, "Quem é este?". Agora a legião de demônios que possui este homem sabe quem ele é e o chama pelo nome. Na Bíblia os únicos que se dirigem a Jesus sem chamá-lo de Senhor são os demônios.

Satanás tinha causado o vendaval no lago, que Jesus aplacou com uma palavra. Em Efésios Satanás é chamado de "príncipe do poder do ar" (Ef 2:2) e no primeiro capítulo do livro de Jó descobrimos que seus dez filhos foram mortos pelo diabo quando a casa caiu sobre eles. O que derrubou a casa? "Um vento muito forte veio do deserto e atingiu os quatro cantos da casa, que desabou" (Jó 1:19).

No evangelho de Mateus estes mesmos demônios suplicam: "Que queres conosco, Filho de Deus? Vieste aqui para nos atormentar antes do devido tempo?" (Mt 8:29). Eles sabem que um dia serão lançados no abismo, a prisão que antecede o lago de fogo. Por isso Satanás quis impedir Jesus de chegar ali com seus discípulos. Os demônios rogam a Jesus uma alternativa momentânea para o abismo, e Jesus lhes permite que saiam do homem e entrem numa manada de porcos perto dali. Os demônios fazem com os porcos aquilo que queriam fazer com Jesus e seus discípulos quando atravessavam o lago. Afogá-los.

Para quem crê em Jesus e tem sua salvação assegurada pelo sangue derramado na cruz, não há razão para temer os demônios. Eles não podem possuir quem já é propriedade do Espírito Santo, e se porventura Satanás causar qualquer dano a um crente, primeiro ele precisou obter uma autorização de Deus, como aconteceu com Jó. E se Deus autorizou é por saber que esse mal resultará em bem.

E quem não crê? Bem, o incrédulo está na condição descrita por Paulo, ao falar de como viviam os cristãos de Éfeso antes da conversão: "Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência". O incrédulo pode não estar incorporado por uma legião de demônios, mas, usando o jargão popular, ele "vive do jeito que o diabo gosta". O incrédulo segue "a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar... satisfazendo as vontades da carne, seguindo os seus desejos e pensamentos" (Ef 2:1-3).

Pense nisso!
Divulgue as Boas Novas!!

Um comentário:

Noemi disse...

ES UNA BENDICION VISITAR SU BLOG, LES DEJO MIS SALUDOS DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA, DESDE MI BLOG www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com DONDE COMPARTO MI TESTIMONIO DE SANIDAD PARA LA GLORIA DE DIOS.
RECIBAN MUCHISIMAS BENDICIONES DE NUESTRO PADRE CELESTIAL.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails